Se você identificar seus objetivos e tiver força de vontade para vencer as dificuldades – elas sempre vão existir – e se você achar as pessoas certas para te ajudar, você será bem sucedido.

Reinhold Messner

Há algum tempo as montanhas da Bolívia me fascinam e me atraem, e buscando algum desafio que pudesse marcar a minha iniciação em Alta Montanha, não pensei duas vezes! Vamos para a Bolívia! 

Igreja da Vila de Tomarapi – Nevado Sajama ao fundo.
Fonte: www.besthqwallpapers.com

O PROJETO BOLÍVIA 6X6K consiste em escalar 6 montanhas com mais de 6 mil metros de altitude nos Andes Bolivianos em 19 dias. 

São elas:

  • Huayna Potosi 6088m – Cordilheira Real 
  • Acontango 6052m – Cordilheira Ocidental 
  • Pomerape 6282m – Cordilheira Ocidental
  • Parinacota 6342m – Cordilheira Ocidental 
  • Sajama 6542m – Cordilheira Ocidental
  • Illimani 6462m – Cordilheira Real 
  • Bônus – Chacaltaya 5421m – Cordilheira Real 

As montanhas escolhidas representam um grande desafio físico para quem se propõe a escalá-las, sendo que 3 delas (Huayna Potosi, Sajama, Illimani) apresentam trechos realmente técnicos de escalada em gelo. O que torna o PROJETO BOLÍVIA 6X6K ainda mais desafiador! 

A Expedição compreenderá duas regiões Bolivianas:

Montanhas acima de 6 mil metros na Bolívia
Fonte: www.altamontanha.com
  • Cordilheira Real: É uma cordilheira situada no Altiplano boliviano a sudeste do lago Titicaca e a leste da capital La Paz, medindo 125 km de comprimento e 20 km de largura. Apesar de estar apenas 17 ° ao sul do Equador, a Cordilheira Real é densamente glaciada. Isso se deve à proximidade das planícies amazônicas com as massas de ar úmido associadas. Abriga uma dezena de picos de 6 mil metros e vários outros picos de 5 e 4 mil metros, com destaque para o Huayna Potosi 6088m, e tendo como seu ponto culminante o Illimani com 6462m (2ª montanha mais alta da Bolívia). *Curiosidade: O Illimani é a montanha que sempre aparece ao fundo nas fotos da cidade de La Paz. 
  • Cordilheira Ocidental: Tem como principal característica a vulcanidade de seus cumes, faz fronteira natural com Chile, este sistema começa no norte, com o nodo Jucuri e termina no sul no vulcão Licancabur na fronteira sul com Chile, o clima é frio e inadequado para a vida vegetal ou animal. Na Cordilheira Ocidental se encontram os maiores nevados da Bolívia como o Acotango 6052m; o Pomerape 6282m e o Parinacota 6342m chamados de Payachatas (gêmeos na língua aimará) e o Nevado Sajama que é a montanha mais alta da Bolívia e a 15° mais alta dos Andes com 6542m de altitude. 

Rotas: 

Huayna Potosi: Será escalado por sua rota normal, na face leste, que tem uma graduação de PD+/AD- (pouco difícil / algo difícil) e cujas principais dificuldades estão na travessia do glaciar com suas gretas e na progressão pela aresta que dá acesso ao cume, onde a inclinação pode chegar aos 50° com possíveis trechos de escalada em gelo.

Acotango, Pomerape, Parinacota: As rotas são graduadas entre F (fácil) e PD (pouco difícil) e não possuem complexidades técnicas, representando um grande desafio do ponto de vista físico devido à sua altitude.

Sajama: Faremos a ascensão do Sajama pela rota da aresta noroeste, com graduação AD (algo difícil) e trechos de escalada em gelo que superam os 50° de inclinação.

Illimani: A ascensão do Illimani será feita por sua rota normal, que possui uma graduação de PD/AD- e cujas principais dificuldades estão na travessia de uma zona de gretas, localizada a cerca de 5800 m, e em uma rampa onde é comum a presença de gelo cristal, com uma inclinação que pode chegar aos 50°.

Roteiro do PROJETO BOLÍVIA 6X6K

Junho de 2020

•Dia 01 ao dia 07 – Aclimatação em La Paz subindo montanhas de 5 mil e fazendo passeios pela cidade.
•Dia 07– Campo Base do Huayna e treinamento glaciar.
•Dia 08 – Campo Alto Huayna.
•Dia 09 – Ataque ao cume e retorno para La Paz.
•Dia 10 – Transfer para Vila Sajama.
•Dia 11 – Acotango.
•Dia 12 – Termas na Vila Sajama.
•Dia 13 – Campo Base do Parinacota.
•Dia 14 – Ataque ao cume do Parinacota e retorno ao Campo Base.
•Dia 15 – Descanso campo base.
•Dia 16 – Ataque ao cume do Pomerape e retorno a Vila Sajama.
•Dia 17 – Termas na Vila Sajama.
•Dia 18 – Campo Base do Sajama.
•Dia 19 – Campo Alto do Sajama.
•Dia 20 – Ataque ao cume do Sajama e retorno a Vila Sajama (ou La Paz).
•Dia 21 – Descanso.
•Dia 22 – Downhill Estrada da Morte.
•Dia 23 – Campo Base do Illimani.
•Dia 24 – Campo Alto do Illimani.
•Dia 25 – Ataque ao cume e retorno ao Campo Base (ou La Paz).
•Dia 26 ao dia 30 – Dias livres para ajuste no roteiro em caso de mau tempo ou algum imprevisto.

Todo o projeto, roteiro e logística foi pensando para que a ascensão a essas seis 6 mil seja feito de forma segura, dando atenção a aclimatação e aos princípios do Leave No Trace. 

Patrocinador:

SUB SUB EQUIPAMENTOS DE AVENTURA 

Apoiadores:

AZTEQ
TREKKING ESTILO DE VIDA

Mídia Especializada:

PORTAL EXTREMOS
DR. AVENTURA 

O PROJETO BOLÍVIA 6X6K é uma expedição oficial da WORLD ADVENTURE SOCIETY (da qual sou Embaixador para o Rio de Janeiro) e visamos promover a aventura como estilo de vida saudável e acessível.

World Adventure Society (WAS)

E você também pode me seguir no Instagram clicando aqui!

Você ou sua empresa querem apoiar ou patrocinar o PROJETO BOLÍVIA 6X6K ?
Mandeu um e-mail para mim: rioex.contato@gmail.com

Até a próxima galera!
E nos vemos na montanha! 


Julianu Lorne

Montanhista, Guia de Trekking e proprietário da Agência RIOEX, onde fazem Trilhas, Trekkings e Travessias MultiSports pelo Brasil. Lorne também embaixador da Sub Sub e da World Adventure Society (WAS) e colaborador do canal Trekking Estilo de Vida. Além de praticante de surf, Jiu Jitsu. Idealizador do PROJETO BOLÍVIA 6x6K.

2 comentários

Fábio Moraes Pereira · 23 de maio de 2020 às 09:40

Bom dia, se fosse possível ter esse ano, o projeto 6x6k, quais os valores?, O que incluso e não incluso, e com certeza terá ano que vem

    Julianu Lorne · 29 de maio de 2020 às 00:45

    Olá Fabio,
    Esse é um projeto pessoal, sendo assim não irei guiar clientes.
    Mas faça contato, pois temos outras expedições para clientes.
    Abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *